Białowieza: Abate destrutivo na floresta primária polaca

Em 2017, o governo autorizou o corte de 160-180 000 árvores na floresta primária de Białowieża. Uma medida que o Tribunal Europeu de Justiça considera como uma violação da diretiva europeia sobre os habitats, requerendo aos estados membros de tomar medidas adequadas para áreas especiais.

Captura de ecrã da visualização interativa das imagens satélites da floresta antes e depois dos cortes.

Esta zona da floresta de Białowieża não conheceu exploração de tal tamanho desde 1988. Białowieża, na lista do património mundial da Unesco, representa um habitat único para a flora e a fauna. Muitas partes desta magnifica floresta foram dizimadas e a renovação natural vai demorar muito tempo.

O dia 17 de Abril de 2018, o Tribunal Europeu de Justiça decidiu que « as operações de gestão da floresta relativas a zona de Puszcza Białowieska Natura 2000 realizadas pela Polónia infringem o direito comunitário » e que « a execução dessas operações conduziu na prática à perda duma parte do sítio ».

O Parceiro de EdjNet BiQData descreve as etapas que levaram a destruição duma parte significativa da floresta : ler a reportagem completa aqui .

Quinta-Feira, 19 de Abril de 2018

Fonte/s:

BiQdata

Tradução de:

Hugo dos Santos | VoxEurop

Notícias de dados