Notícias de dados


Tudo o que precisa de saber sobre os procedimentos de infração da UE  in depth

Segunda-Feira, 7 de Outubro de 2019 | Daniele De Bernardin
| Openpolis

A InfringEye é uma ferramenta orientada por dados desenvolvida pela EDJNet e permite aos jornalistas e cidadãos compreender os mecanismos de infração da UE, bem como monitorizar procedimentos passados e em curso. Eis algumas das principais descobertas – mais dados e materiais são disponibilizados na página dedicada.


Está a IA chinesa a iludir para entrar na Europa?  in depth

Quinta-Feira, 3 de Outubro de 2019 | Vincent Lorin
| VoxEurop

Bloqueada durante anos na alienação digital, a UE estabeleceu uma nova norma em matéria de proteção de dados e privacidade, eliminando algum controlo a partir do Silicon Valley. Mas com a chegada da maioridade das aplicações baseadas em IA, as empresas chinesas, por sua vez, lutam por um pedaço da colónia.  


Cidades demoram a reagir enquanto a degradação do clima se acentua  Large investigation

Sexta-Feira, 21 de Junho de 2019 | Nicolas Kayser-Bril
| VoxEurop

Uma atualização de dados de temperaturas em 558 cidades europeias e seus arredores, indica que 2018 foi o ano mais quente desde 1900 em 203 destas cidades. De acordo com uma pesquisa realizada pela Rede Europeia de Jornalismo de Dados juntamente com 61 autoridades locais em 6 países diferentes, a resposta de cada localidade à degradação do clima varia consideravelmente de um país para outro.


As eleições europeias de 2019 numa palavra: fragmentação 

Terça-Feira, 11 de Junho de 2019 | Cas Mudde
| VoxEurop

Os próximos cinco anos da União Europeia vão ser mais fragmentados do que nunca. Esta fragmentação é a grande lição das eleições europeias de 2019. No entanto, ao contrário da narrativa dominante das últimas décadas, os velhos blocos centristas não confrontam apenas uma infinidade de grupos e partidos populistas antissistema.


A Europa e os drones: o caminho oculto que leva ao Fundo de Defesa Europeu  in depth

Sábado, 11 de Maio de 2019 | Alexander Damiano Ricci
| VoxEurop

A dependência da UE na indústria privada para conduzir desenvolvimentos tecnológicos no campo da defesa assenta em 15 anos de pesquisas realizadas através de drones ao abrigo dos seus principais programas de investigação e desenvolvimento.


Quanto nos vai custar o degelo do Ártico? A resposta está no espaço  in depth

Sábado, 11 de Maio de 2019 | Stefano Valentino
| MobileReporter
VoxEurop

Os dados recolhidos pela Agência Espacial Europeia não servem apenas para estudar o impacto global do aquecimento global nas regiões polares, mas também para prever as consequências que o degelo e o aumento do nível do mar vão ter nas nossas economias ao longo dos próximos cem anos.


Os europeus deixados de fora das eleições europeias  in depth

Quinta-Feira, 31 de Janeiro de 2019 | Lorenzo Ferrari
Gina Pavone
Ornaldo Gjergji
| OBC Transeuropa

Aproximadamente 17 milhões de cidadãos europeus vivem num Estado-membro diferente do seu país de origem. Estes cidadãos têm o direito de votar para o Parlamento Europeu no país onde residem, mas quase nenhum deles o faz. É uma oportunidade desperdiçada para uma política mais transnacional.


As cidades europeias estão mais quentes. Portugal está no fim da lista  Large investigation

Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018 | Rita Marques Costa
| Público

Em Évora a temperatura aumentou quase um grau. Cidades nórdicas, da Europa de Leste e do Sul de Espanha foram as que mais aqueceram.


Europa está a ficar mais quente e parece que não vai refrescar assim tão cedo  Large investigation

Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018 | Nicolas Kayser-Bril
| Journalism++
Pod črto
BiQdata
OBC Transeuropa
Alternatives Economiques
VoxEurop
Spiegel Online
MobileReporter

Uma análise exclusiva de mais de 100 milhões de dados meteorológicos mostra que as mais importantes cidades da Europa aqueceram mais no século 21 do que no século 20. Regiões subárticas, Andaluzia e Sul da Roménia são as zonas mais afetadas.


Portugal é dos países onde os alunos mais dependem da família  in depth

Segunda-Feira, 16 de Julho de 2018 | Samuel Silva
| Público

Em Portugal não é tão comum como noutros países ter um trabalho pago em tempo de aulas: 22% dos alunos do ensino superior dizem trabalhar regularmente ao longo do ano lectivo. A estes somam-se os 8% que mencionam trabalhos ocasionais.